Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

30.ago.2016

10 laxantes naturais para combater a prisão de ventre

Por Nutri Fernanda Bortolon Nenhum comentário , , ,

A prisão de ventre é um transtorno digestivo muito comum que afeta indivíduos de todas as idades. É caracterizada pela dificuldade para evacuar as fezes todos os dias, ainda que também possa incluir incômodos no estômago e abdome, mau hálito e dor de cabeça.

Se muito prolongada, a prisão de ventre causa muito desconforto - e pode levar a problemas mais sérios.

Se muito prolongada, a prisão de ventre causa muito desconforto – e pode levar a problemas mais sérios.

Dentre suas principais causas estão a alimentação inadequada, a desidratação e o sedentarismo; porém, em alguns casos ela pode ser o sintoma de alguma doença ou o início de alterações na flora intestinal. A prisão de ventre é um efeito colateral muito comum durante o tratamento contra o câncer – devido às alterações que o corpo sofre por causa dos medicamentos.

Muitas pessoas fazem uso de laxantes químicos para expelir as fezes – porém eles podem irritar a mucosa intestinal (que já está alterada por causa da quimioterapia) e até causar dependência (o organismo só consegue evacuar quando a pessoa faz uso de laxante). Felizmente, como sempre a natureza tem remédios para nos oferecer – e podemos nos ver livres da prisão de ventre se consumirmos tivermos uma alimentação equilibrada e ingerirmos bastante líquidos. Para alívio rápido, veja abaixo 10 alimentos que são laxantes naturais:

 

1. SUCO DE LIMÃO

 

O suco de limão fresco é um dos melhores digestivos que a natureza nos oferece. Contém fibras e vitaminas essenciais que apoiam o movimento intestinal para impulsionar a eliminação dos rejeitos. Com a finalidade de facilitar seu consumo e potencializar suas qualidades é recomendável consumi-lo diluído em água e em jejum.

2. SEMENTE DE LINHAÇA

Consideradas um superalimento, as sementes de linhaça têm um alto teor de fibra e ácidos graxos ômega 3 que participam na digestão. Possuem poderosas qualidades laxantes, já que aliviam casos moderados de prisão de ventre e inflamação. Elas podem ser adicionadas a inúmeras receitas, mas o melhor é colocá-las na água toda noite para beber o líquido viscoso resultante no dia seguinte, em jejum.

 

3. MAMÃO

O mamão contém vitaminas A, B1, B2, B5 e C, proteínas e nutrientes – como fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio –  que ajudam na função digestiva do organismo. A papaína (que inclusive dá nome a esta fruta em alguns países, onde é conhecida como papaia) é uma substância muito importante para o bom funcionamento do sistema digestivo, sendo o mamão um laxante natural.

 

4. KIWI

Uma das frutas com efeito laxante suave é o kiwi, famoso por seu alto teor de vitamina C e fibras, é um alimento que pode ser consumido todos os dias como preventivo do trânsito intestinal lento. É aconselhável consumir dois kiwis em jejum para desbloquear o intestino e aliviar a prisão de ventre.

5. ESPINAFRE

Dentre as múltiplas propriedades que o espinafre tem, ele se destaca por sua ação digestiva e depurativa. Sempre e quando consumido cru, servirá para reconstruir e regenerar o trato intestinal que é alterado pelo consumo de alimentos inapropriados. Ele pode ser adicionada a vitaminas, saladas, sopas e muitas outras receitas.

6. UVA

As uvas contêm substâncias como celulose, açúcar e ácidos orgânicos cujos efeitos no organismo melhoram o movimento intestinal. Quando apresentamos dificuldades digestivas é conveniente consumir um pequeno cacho de uvas ou meio copo de seu suco natural. Outra opção é ingerir uvas passas que ficaram de molho em água durante um ou dois dias, a depender da gravidade do problema.

7. FIGO

Este pequeno fruto é conhecido desde a antiguidade por ser um excelente laxante natural. Este benefício lhe é atribuído por seu alto teor de fibras, nutriente que facilita a digestão dos alimentos e o movimento das fezes através do intestino. O melhor é comprá-los frescos, já que é em sua casca que se concentra a maior quantidade de fibras e cálcio. Se não for possível, figos secos também servem – basta colocá-los de molho por uma noite inteira.

8. AMEIXA

A ameixa é um dos laxantes naturais mais conhecidos e eficaz. Tem um sabor delicioso e é cheia de nutrientes que beneficiam nossa saúde. Seu consumo é aconselhado através de sucos naturais, ou como parte do café da manhã junto com cereais integrais. Também funciona consumir passas de ameixa – nesse caso, deixe-as de molho de um dia para o outro.

9. OLEAGINOSAS

As oleaginosas são fonte natural de ácidos graxos e fibras que os tornam bons aliados da saúde intestinal. Seu consumo regular evita a acumulação de colesterol e promove a eliminação dos rejeitos que bloqueiam o cólon. Além disso, é um aperitivo muito saudável que controla a sensação constante de fome para evitar o consumo excessivo de calorias. Aposte em: nozes, amendoim, castanhas, amêndoas e pistache.

10. BABOSA

O gel da babosa contém qualidades anti-inflamatórias e laxantes que aceleram o alívio desta condição. Nas farmácias podemos encontrá-la em diferentes apresentações, como chá ou em comprimidos, mas o melhor é consumi-la em sua forma natural, com um pouco de mel de abelha ou no suco verde.

 

 

Evacuar é muito importante - e melhor até o humor!

Evacuar é muito importante – e melhor até o humor!

Não se esqueça de que não existe milagre – um bom funcionamento intestinal depende de uma boa alimentação. E fique atento: os alimentos citados acima possuem muitas fibras, que devem ser hidratadas para ajudar no trânsito intestinal (se você só consumir fibras e não hidratar o corpo, pode ter ainda mais prisão de ventre). Por isso, não esqueça de ingerir líquidos e caminhar – isso ajuda o intestino a movimentar e eliminar as fezes.

 

Abraços e até semana que vem, 

 

Nutri Fernanda Bortolon

 

Fonte: Melhor com saúde

Voltar

Relacionados

  • Conheça a Casa Camaleão – centro de convivência para pessoas com câncer Leia Mais
  • Como cuidar da pele durante o tratamento Leia Mais
  • Como misturar estampas Leia Mais

COMPARTILHE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *