Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

18.out.2016

5 vitaminas para ter um cabelo forte depois da quimioterapia

Por Nutri Fernanda Bortolon Nenhum comentário , , , , , , ,

Um dos efeitos colaterais que a quimioterapia provoca é a queda de cabelo, tão temida pela maioria das mulheres. Após o tratamento, os cabelos voltam a crescer – mas, em alguns casos, podem crescer temporariamente diferentes. É o caso da Flavinha e do ator Reynaldo Gianecchini, que, após o tratamento, apresentaram um cabelo diferente, mais crespo do que o anterior. Muitas pessoas também apresentam, nos primeiros meses pós tratamento, fios quebradiços e frágeis, com pouca saúde.

Cabelo crespo depois da quimio - quem nunca?!

Cabelo crespo depois da quimio – quem nunca?!

De acordo com o médico oncologista Artur Malzyner, o tratamento interrompe a multiplicação das células do bulbo folicular, responsáveis pelo crescimento da haste do pelo, provocando a queda gradativa do cabelo nos pacientes, deixando as pessoas que passam pelo tratamento carecas ou com pouco cabelo. Quando os fios voltam a crescer ocorre uma redução na espessura da fibra capilar e, dada a elevada variação na espessura dos fios no couro cabeludo do paciente, o cabelo se torna heterogêneo suficiente para se ondular. Também pode haver modificações na quantidade de melanina nos fios de cabelo, alterando com isso a tonalidade dos mesmos. “Alguns pacientes passam a apresentar, transitoriamente, cabelos mais claros e outros pacientes cabelos mais escuros”, diz ele.
Segundo o oncologista, ao longo de meses subsequentes à quimioterapia, no entanto, os cabelos podem voltar a ser como eram antes.


Fazer reposição de vitaminas e outros nutrientes após o tratamento quimioterápico é importante não só para o cabelo, mas para o corpo todo. Aqui vão cinco vitaminas que ajudam no fortalecimento capilar – e que não podem faltar na sua alimentação:

Vitamina A

É fundamental para o crescimento dos tecidos, incluindo os cabelos. Nos formamos a vitamina A no organismo a partir da ingestão de fontes de betacaroteno: folhas verdes, frutas e vegetais de cores laranja e amarelo ou na forma de retinol animais (ovos, óleo de peixe e fígado).

Vitamina C

A deficiência de vitamina C deixa os cabelos quebradiços. É essencial para a formação do colágeno que dá estrutura aos tecidos como o cabelo e melhora a circulação do couro cabeludo. Mantém os capilares que levam a irrigação sanguínea para o folículo piloso.
Fontes: frutas cítricas, vermelhas, pimentão, folhas verdes escuras, batata.

Vitamina E

Tem ação anti-radicais livres – previne danos celulares decorrentes da UV e do envelhecimento, melhora a microcirculação do couro cabeludo, protege de gorduras oxidáveis. Onde encontrar: óleos vegetais prensados a frio (azeite, por exemplo), ovos, germe de trigo, miúdos, vegetais folhosos, abacate, manteiga.

Pró-vitamina B5

Quando aplicada topicamente, a Pró-vitamina B5 (pantenol ou ácido pantotênico) penetra rapidamente na raiz e no corpo do cabelo. Através da técnica de microscopia eletrônica, mediu-se o seu efeito e verificou-se que encorpa o fio em até 10% do seu diâmetro normal. O tratamento com pantenol também reduz a queda de cabelo e acelera o seu crescimento.
Onde encontrar: miúdos, gema de ovo, levedo de cerveja, leguminosas, salmão, grãos integrais, germe de trigo.

 

Complexo B

Vitaminas B6, ácido fólico e B12 são importantes para formar as células vermelhas e hemoglobina que carregam o oxigênio para os tecidos, e isto inclui o cabelo – que depende do aporte constante de oxigênio e sangue para ser saudável.
Fontes de vitamina B6: frango, peixe, soja, cereais integrais, frutas oleaginosas e leguminosas.
Fontes de ácido fólico: folhas verdes escuras, abacate, brócolis.
Fontes de vitamina B12: alimentos de origem animal como carne, peixe, frango e ovos.

 

Mais importante do que o cabelo crescer pós quimio, é crescer saudável (assim como o restante do corpo!)

Mais importante do que o cabelo crescer pós quimio, é crescer saudável (assim como o restante do corpo!)

Atualmente existem no mercado suplementos nutricionais específicos para auxiliar na queda de cabelo – converse com médico e/ou nutricionista para avaliar qual a sua necessidade, mas lembre-se que a alimentação equilibrada é fundamental. Os suplementos nutricionais estão disponível nas frutas, verduras e alimentos saudáveis – a comida é nosso melhor remédio!

 

Até semana que vem, 

 

Nutri Fernanda Bortolon 

Voltar

Relacionados

  • Para ler: Minha lista de prioridades Leia Mais
  • A polêmica da carne – o que você precisa saber Leia Mais
  • Respiração Holotrópica – um método de autoconhecimento Leia Mais

COMPARTILHE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *