Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

03.out.2013

(bolha news) boas novas

Por Flavia Maoli 14 Comentários , , , , , , , , , , , ,

Antes de começar a escrever esse post, fui reler o último BOLHA NEWS pra ver onde tinha parado. Gente, mudou TANTA coisa desde segunda-feira! Ontem estava super empolgada escrevendo aqui, mas aí me deram um antialérgico na veia e eu fiquei mais louca que a Shakira!!!! Não conseguia nem falar direito, minha irmã me deu sopa na boca que nem bebezinho e depois APAGUEI, só acordei hoje! Mas enfim, vou contando tudo em sequência para ver se vocês conseguem acompanhar!

Loca, loca, loca!

Bom, segunda acordei cedo e fiz exame de sangue. Passei a manhã toda no quarto relaxando, mexendo no computador, conversando com a Paula (minha colega de quarto). Lá pela uma da tarde vieram me buscar para ir colocar o cateter. De camisolinha estilo campo de concentração e cadeira de rodas, fui pra faca. A colocação do cateter é super rápida, com apenas anestesia local – fiquei meio ansiosa por ficar acordada durante o procedimento, mas foi tudo bem. Pra quem tem crises de ansiedade, deve ser bem difícil ficar ali parado. Posicionar o cateter dói, mas o procedimento todo não deve ter levado mais do que dez minutos. Saí de lá, fui fazer um raio x para ver se o bichinho estava no lugar certo, e logo em seguida fui levada ao local onde faria a coleta das células.

Fiquei uns vinte minutos sentada na cadeira de rodas esperando, imóvel, só conseguindo mexer os olhos – já que meu novo cateter não me permitia muitos movimentos com o pescoço. Ah, sim! Esqueci de dizer que o querido cateter usado para a coleta das células progenitoras periféricas (esse é o nome chique delas!) mais parece uma antena de rádio velho, daquelas em que se colocava bombril na ponta, sabe? O negócio é colocado no pescoço (pela jugular) e as pontas do cateter (são duas) ficam apontando para cima, como uma antena mesmo! Para ele não ficar pendendo pro lado (e forçando a pele no buraco por onde sai), fiquei o tempo todo usando uma touquinha, para mantê-lo firme próximo à cabeça. Fiquei A CARA do Van Gogh sem orelha – só que sem barba e sem cabelo!

ADC bn vg

Continuando, fui fazer a coleta das células progenitoras periféricas. A coleta é feita por uma máquina muito parecida com a que faz hemodiálise: ela puxa o sangue por uma via do cateter, centrifuga, coloca o que interessa em uma bolsa e devolve o resto do sangue para o corpo, através de outra via do cateter. O processo todo leva umas 4 horas, pode levar celular, um livro, tablet, qualquer coisa pra se distrair! Como eu fui direto do bloco cirúrgico para a coleta, não tinha nem calcinha, que dirá celular! Fiquei conversando com a enfermeira, ela me contou a vida dela, eu contei a minha, depois ela se concentrou na máquina enquanto eu fiquei imaginando qualquer coisa pra não ficar tão entediada. Ao final da coleta, ela me mostrou uma bolsa de sangue e disse “Olha, esses são seus leucócitos, eles que serão o material do seu transplante!“. Me senti uma mãe recebendo o filho no colo, choreeeeeeei, dei beijinho na bolsa, fiz carinho, gritei VAMO TIMEEEEEE pra eles! Me dei conta que todo meu futuro está ali, dentro de um saquinho, dentro de uma bolsa de sangue. Que loucura.

Voltei pro quarto e recebi o jantar. Não consegui fazer muita coisa, porque estava com o corpo todo dormente, meio tremendo. Para a máquina conseguir centrifugar o sangue, a pressão para puxá-lo de dentro do corpo é muito grande. Durante a coleta, às vezes sentimos o corpo todo vibrando, os pés, mãos e nariz ficam dormentes, é uma sensação bem estranha, que leva algumas horas para passar. Por isso, segunda de noite não fiz mais nada, só jantei e dormi. Ah, e tirei uma foto MUITO LINDA pra registrar esse momento: acho que nunca estive tão feia!!!

Fotinho tirada depois da coleta - tenho certeza que nunca estive mais feia do que naquele dia!

Fotinho tirada depois da coleta.

Isso tudo foi na segunda-feira. Na terça, acordei, recebi visita das minhas irmãs, da minha psicóloga, do meu pai e da minha tia Helô e minha prima Lu. Já estava me sentindo bem melhor, apesar de continuar com a antena pendurada em mim. Como eu tinha dito aqui, estavam programados até três dias de coleta das células (segunda, terça e quarta), mas segunda fiquei sabendo que, até a uma da tarde de terça, eu ficaria seria informada se a primeira coleta havia sido satisfatória – e talvez até suficiente. Fiquei bem animada, imagina fazer só uma coleta?! Então terça-feira fiquei esperando a resposta sobre a coleta, mas acabou atrasando algo no laboratório, e só fui receber uma resposta ao anoitecer. No fim, não fiz nada na terça-feira, fiquei no quarto a manhã inteira, pegando um solzinho, conversando, lendo.

IMG_5618

No início da tarde fui informada de que já tinha leito vago na Unidade de Transplante de Medula (TMO), então eu devia juntar minhas coisas e me mudar para o novo quarto. A melhor notícia é que ainda posso receber visitas – na sala de espera, no quarto não entra ninguém – até terminar a quimioterapia. Somente depois do transplante é que eu vou ficar totalmente em isolamento, sem poder ir ao saguão, só tendo contato com os enfermeiros e meu acompanhante. Juntei minhas coisas, me despedi da Paula – aproveitamos pra fazer uma foto Look do Dia com nossas camisolinhas belíssimas.

IMG_5629

Depois entrei finalmente na Unidade de Transplante de Medula Óssea. Confesso que me surpreendi com o quarto – é MUITO melhor do que eu esperava!!! Tenho uma super janela que dá vista para a avenida (posso ficar olhando as árvores, as pessoas, os carros, os assaltos!) e pega sol durante a tarde, o que deixa o quarto mais animado. É um quarto normal, a diferença dos outros é que as janelas são lacradas (pra não entrar poluição, e provavelmente pra ninguém se jogar pela janela, sejamos sinceros) e não posso receber visitas no quarto. A cama é reclinável com controle remoto, muito chique! Como arquiteta, sei o quanto um ambiente agradável faz diferença no nosso bem estar. Acho que esse é um quarto bem otimista!

Esse é o meu quartinho novo!

Esse é o meu quartinho novo!

No fim, terça-feira não fiz nenhum procedimento, mas fui informada no final da tarde que eu não precisaria fazer mais nenhuma coleta (consegui todas as células necessárias com apenas uma coleta!!!!!) então na quarta eu trocaria o cateter (tiraria a antena e colocaria o cateter para a quimio, bem menor e flexível) e já iniciaria a quimio! Ou seja, já estou na fase II, a FASE DA QUIMIO!!! Foi bem mais rápido –  e menos sofrido – do que eu imaginava!

Ontem de manhã fui pro bloco cirúrgico trocar o cateter. Acho que esse foi o pior momento até agora. Remover o cateter dói, e posicionar o outro dói também! Além disso, sentia o sangue escorrendo pelas costas, fiquei me concentrando para não entrar em pânico. Mas, mais uma vez, a colocação do cateter foi bem rápida, logo já voltei para o quarto e pude tomar um loooooongo e merecido banho!

Como eu me sinto quando… tomo banho depois da cirurgia!

De tarde recebi soro, já usando o novo cateter. Ele é bem menor do que o outro, quase não incomoda! Pelo que percebi, vou ficar o tempo todo com soro ou quimio, então agora preciso me locomover carregando o carrinho do soro – que eu chamo de “cachorrinho”, apelido que a Paula deu. De noite, comecei a receber as medicações pré quimio: antialérgico e remédio para enjoo. Acho que me deram Fenergan, porque foi só começar a entrar pelo cateter que eu fui ficando molenga, enrolando a língua, fechando os olhos… O problema é que tinha consulta marcada com a dentista do hospital, então quando ela chegou eu mal conseguia me comunicar! Fiquei falando estilo Leila Lopes, sabe?

Recebi a primeira quimio ontem, mas como estava dormindo, nem senti!!!!! Serão 6 dias de quimio, acabo na segunda-feira, e na terça já farei o transplante!!!! Rápido, não?! Hoje já é meu segunda dia, e até agora não senti nada, nada, nada! Espero que continue assim, mas sei que a maioria das pessoas tem muitos efeitos colaterais. Tenho mentalizado que, tudo de ruim que eu sentir daqui pra frente, é efeito colateral do tratamento, e não da doença. Isso é muito importante, pois assim não me desespero, não me sinto doente. Tenho que pensar que vou ter a maior ressaca da minha vida, e que é normal vomitar, passar mal, mas nada disso significa que eu esteja doente – é só a maneira que o meu corpo tem de protestar contra tanto veneno!!!  Já que não posso mandar no resto do corpo, pelo menos mantenho o cérebro sob comando!

Esse foi o BOLHA NEWS!!! Agora vou descansar um pouquinho mais, porque daqui a pouco vou receber a segunda quimio! Até mais!!

.

.

.

. Quer mandar uma dúvida ou sugestão? Escreva para alemdocabelo@gmail.com, vou adorar responder!

– Curta a página no facebook: https://www.facebook.com/alemdocabelo

– Imagens: Google e Tumblr

 

Voltar

Relacionados

COMPARTILHE


14 respostas para “(bolha news) boas novas”

  1. Você é uma LINDA, GUERREIRA e FORTE!! Seu otimismo é contagiante e me faz esquecer dos meus problemas, sempre que leio seus posts fico emocionada com a sua força de vontade!! Tenha fé (tenho certeza que você tem) e tudo vai ficar MAIS que bem, maravilhoso eu diria.. :* Beijos florzinha!!

  2. Estou orando sem cessar por você!
    Força guerreira, a vitória já é sua.

  3. Amanda Paz disse:

    Quanta força você tem!! Fico feliz em ver a forma que encara o tratamento!! Sempre com palavras alegres!!! Estou viciada em ler suas postagens e além disso procuro todos os dias matérias, relatos, tuuudoooo sobre os diversos tipos de Câncer e os tratamentos!! Torço por você!!!!

  4. Tahi disse:

    Parabéns, Flavi!! Força na peruca que falta pouco! Estamos todos aqui torcendo por ti!!

  5. marisa costa disse:

    Adoramos as notícias,… realmente humor é tudo,.. Qdo. chega alguém baixo astral p/aqui sempre lembro de ti e mostro o teu blog, tuas fotos c/os depoimentos. Realmente muda tudo. Obrigada p/nos ajudar a lançar um novo olhar p/estes momentos. Força aí. Bjos. de todos nós..

  6. Luciana prima disse:

    Que maravilha Flavinha!!! vai ser assim mesmo, tudo passando bem rápido minha querida!!!! Se der, coloca no “cachorrinho” teu olho grego, pra mandar pra bem longe tudo de ruim!!!!!! Fica com Deus!!! bjs Lu

  7. Marilia Marques Lopes disse:

    Me espanta esse teu bom humor!… Adorei as fotos, ahahahaha!!! Fora na peruca – ou na carequinha! 🙂

  8. MARIA DE FATIMA GOMES FERREIRA BRAGA disse:

    PESSOAS COMO VOCÊ TORNAM O MUNDO MUITO MELHOR! FÉ EM DEUS E PÉ NA TÁBUA!

  9. Maurício Dall Igna disse:

    Vamos nessa, Arquiteta! Beijos e força aí que torcemos daqui!

  10. Bibiana Beretta disse:

    Flaviaaaa, eu sempre leio o teu blog e adoro sabia!!!Além de tuuuudo, tu escreve muito bem!!!Muita muita força nessa fase e com toda a certeza estar no comando do cérebro e da alma CURA!Sempre mentalizo energias boas pra ti!!!Beijão guria!!!

  11. Que fofa! É ótimo que você tenha essa generosidade de compartilhar conosco a sua saga. Tô adorando o blog e achei o nome dele super criativo! hehe
    É isso! Boas energias e ótimas risadas, depois que tudo isso passar, marca um encontro com os leitores do blog, será super legal te conhecer depois deste desafio (:
    Beijocas e fica com Deus!

  12. Aline Pares disse:

    Só agora, vendo a foto do quarto é que percebi que a Piti e eu abanamos pra janela certa! Vivaaaa!
    Flavinha, logo logo tu vai estar curada! Tem muita gente que quer o teu bem e que torce muito por ti todos os dias. Beijão, queridona!

  13. juraci silva da silva disse:

    continue assim firme e forte, estou rezando por vc, abraços.

  14. Ellen Renata Bernardi disse:

    Flávia, tu é simplesmente sensacional!
    Quero que tu saiba que é exemplo pra muita gente, incluindo pra mim (:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *