Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

30.set.2013

(bolha news) primeira fase – parte I

Por Flavia Maoli 7 Comentários , , , , , , , , , , , , , ,

Bom, gente, vamos começar hoje as notícias do BOLHA NEWS! Como vocês já sabem, terça-feira passada me chamaram para internar no Hospital, então vim voando pra cá! Meu pai, minha irmã Paula e eu chegamos às 18 horas e tomamos um chá de banco esperando limparem e arrumarem o quarto. Como eu trouxe minha câmera comigo, fiquei brincando com ela – e pentelhando todo mundo.

Pai e eu tirando foto no reflexo da porta de vidro - pra vocês verem o quão entediados nós estávamos!

Pai e eu tirando foto no reflexo da porta de vidro – pra vocês verem o quão entediados nós estávamos!

Chegando na unidade de TMO

Chegando na unidade de TMO – quando eu passar por essa porta, vou estar oficialmente em isolamento!

Finalmente instalada no quarto! Trouxe comigo uma colcha de zebrinha para me sentir em casa!

Finalmente instalada no quarto! Trouxe comigo uma colcha de zebrinha para me sentir em casa!

Na verdade, essa primeira fase – que no post passado eu chamei de FASE DA COLETA – pode ser subdividida em duas partes: a parte das injeções e a parte da coleta das células.

Ontem à noite terminei a primeira parte, que durou de terça a domingo. A única coisa que fiz foi tomar injeções – MUITAS injeções! Três vezes ao dia, a enfermeira vinha me dar uma picada na barriga. Essas injeções são a Filgrastim, um medicamento que faz a medula óssea produzir mais células, em um ritmo alucinado. Essas células bebês (células tronco), são as que vão ser coletadas na parte II (que começa hoje) e que vão ser infundidas posteriormente, quando eu fizer o transplante. Como ainda não estou com a imunidade baixa, não preciso ficar em isolamento durante essa parte. Na verdade, os pacientes do SUS recebem essas injeções para fazer em casa – como tenho convênio, ele exige que eu esteja sob vigilância médica, e por isso preciso ficar internada.

Estou em um quarto semi privativo e, por enquanto, posso receber visitas. Dei muita sorte, porque a minha colega de quarto (Paula) é jovem e muito querida, então passamos o dia conversando. A Paula está aqui porque fez um transplante de rim em março e agora está com infecção urinária (que é bem comum nesses primeiros meses pós transplante), mas está bem. O pessoal da equipe (médicos, enfermeiros,técnicos, nutricionista, pessoal da limpeza e da comida) também é gente boa, nos deixam pedir pra mudar lanches – até rolou um boicote à canja de galinha aqui no quarto!!! Eles dão risada conosco, hoje um dos técnicos veio trazer novas pulseirinhas de identificação porque as nossas arrebentaram, e disse “Pulseira VIP, ok? Bebida liberada! Água com gás e leite à vontade!” Hahaha

Essa primeira parte foi bem tranquila, tive bastante tempo livre para escrever, ler, receber visitas, caminhar pelos corredores. A comida vem em horários certinhos – e vem um monte de comida! Minha parte preferida é o café da manhã e os lanchinhos! Até tirei foto ontem do café da tarde, estava tão bonito que merecia ir pro Instagram!

Leite com café instantâneo, croissant com margarina e geléia de uva. CROISSANT, GENTE!

Leite com café instantâneo, croissant com margarina e geléia de uva. CROISSANT, GENTE!

As injeções doem um pouco, mas com aquela técnica da respiração, doem pouco mesmo. Não tenho enjoos nem náusea, o único efeito colateral dessa injeção é a dor nos ossos – já que ela faz a medula óssea trabalhar horrores para produzir as células novas. Não é nenhuma dor de sair gritando nem gemendo, mas é cansativa. Sabe aquela sensação de dor nas juntas e nos músculos depois de malhar demais? As injeções dão uma dor bem parecida com essa – pena que não rola de deixar os músculos durinhos, né? Bem que podia!

Quantas Filgrastim a Gracyanne fez pra ficar assim???

Quantas Filgrastim a Gracyanne fez pra ficar assim???

Hoje começa a segunda parte dessa primeira fase: a parte da coleta das células tronco, que deve durar três dias. Acordei cedão pra fazer exame de sangue, agora estou esperando sair o resultado pra ver se está tudo ok para a coleta. Se eu atingir o número estimado pelos médicos, ao meio dia devo ir para o bloco cirúrgico colocar um cateter especial para a coleta das células tronco. Dizem que ele se parece com duas canetas BIC saindo do peito – eu preferi nem ver fotos dele antes, já que não tenho escolha, né? Colocado o cateter, vou ser enviada para a sala da coleta, onde devo ficar aproximadamente quatro horas fazendo a coleta. Depois que eu fizer o primeiro dia, vou saber explicar melhor pra vocês como é essa coleta, falarei mais sobre isso depois! Mas enfim, estou com a agenda cheia tão cheia hoje que minha médica disse que não vou nem conseguir receber visitas! A partir de amanhã, vou ter como compromisso apenas as quatro horas de coleta, então vou ter mais tempo livre.

Pelo que ficou combinado, a coleta será feita segunda, terça e quarta. Depois de quarta, não sei bem o que acontece comigo – não sei se volto pro quarto ou se já vou direto pra Unidade do TMO – popularmente conhecida como A BOLHA. A partir do momento que eu passar por aquela porta, começou a fase dois, a FASE DA QUIMIO! Não vou mais poder receber visitas – apenas ter um acompanhante por vez – não posso comer nada cru, nem vestir roupas de lã, nem usar toalhas felpudas… ou seja, acabou o recreio! Ainda não tenho certeza em que dia isso irá acontecer, mas estou aproveitando muito essa primeira fase, que é a mais leve!!! Ainda me restam dois diazinhos de visitas, quarto semi privativo, vida social – vou aproveitá-los ao máximo!

.

.

.

. Quer mandar uma dúvida ou sugestão? Escreva para alemdocabelo@gmail.com, vou adorar responder!

– Curta a página no facebook: https://www.facebook.com/alemdocabelo

– Fonte das imagens: Google e Pinterest

Voltar

Relacionados

COMPARTILHE


7 respostas para “(bolha news) primeira fase – parte I”

  1. Silvana disse:

    Menina, eu choro cada vez q leio seus posts … Sua força, seu jeito de encarar td q vem passando me sensibiliza… Me faz sentir vergonha dos meus medos. Q Deus te abençoe e te proteja a cada dia e q vc continue sempre assim. Bjo.

  2. Valderez disse:

    Flávia ,fico arrepiada de ver tanta coragem em você,estamos aqui fora torcendo muito e tenha certeza de que tudo vai dar certo! Um beijo carinhoso

  3. Marília Marques Lopes disse:

    Boa sorte, que tudo corra superbem!!! E vamoquevamo! 🙂

  4. Rose Rocha disse:

    Boa sorte menina!!!!estou orando por vc!!!!!

  5. Artur disse:

    Muito legal a postagem! (pulei a descrição da coleta, sou fraco para agulhar e similares)
    Boas melhoras 🙂

  6. Tanise Zago Thomasi disse:

    Estou aqui te desejando toda a coragem do mundo. Te dizer ainda que fiz TMO há 18 anos em Porto Alegre no Hospital de Clinicas. E nunca mais tive nada. Minha doença foi LMA3. E quero te dizer que assim mesmo….Conte comigo para o que precisares….por incrivel que pareça um dia isto acaba. Beijao virtual, pois este pode.

  7. Emilia disse:

    Boa sorte!!!! Mandando boas vibras pra você enfrentar a bolha com coragem e serenidade!!! lembre-se que vai passar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *