Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

21.maio.2013

cabelo parte I

Por Flavia Maoli 11 Comentários , , ,
Imagem

Continuo Monalisa, com ou sem cabelo!

Uma das primeiras coisas que a gente pensa quando fala em quimio é na queda do cabelo. Pra ser sincera, antes de ser diagnosticada eu nem sabia se o cabelo caía por causa da doença ou por causa do tratamento. Na verdade, eu não sabia muitas outras coisas sobre o que ia acontecer com o meu cabelo. Esse é um assunto que eu quero tratar várias vezes aqui, porque existem mil maneiras de encarar, e de refletir sobre o que o cabelo significa pra gente. Muita gente diz que só as mulheres sofrem com a queda do cabelo, mas isso não é verdade. Já ouvi homens que estavam em tratamento dizerem “Sorte a de vocês, que podem usar peruca! Eu queria tanto a minha barba de volta…”

A verdade é que mudanças físicas afetam sim nossa auto estima, a maneira como nos enxergamos e como os outros nos enxergam também. Uma das frases que mais me irrita é “Cabelo cresce!!”. Minha resposta pra isso sempre foi “Ah, é? Então por que você não raspa a cabeça?!”. A perda do cabelo é parte importante do processo (pelo menos enquanto não temos medicamentos menos agressivos), não se deve menosprezar. E não é futilidade! Ainda vou voltar a falar especificamente nessa parte da auto imagem.

Por hoje, vou colocar aqui algumas das perguntas que eu mesma fiz no começo do tratamento, e vou tentar responder baseada na minha experiência e nos relatos que ouvi por aí.

1. Por que o cabelo cai?! 

O que acontece é que as medicações que são usadas nas quimios matam todas as células que se multiplicam de forma rápida (diariamente). Infelizmente, isso atinge não apenas as células tumorais, mas também células sadias, como cabelo, pele, óvulos, espermatozóides… Por isso, temos outras mudanças corporais também, a pele fica mais “fininha”, as cutículas ficam bem pequenas ou somem, a língua e o paladar ficam alterados…

Imagem

2. Além do cabelo, caem os outros pelos do corpo?

Sim, os outros pelos do corpo também caem. E você descobre pelos que nem imaginava que tinha! Meninas, tenho uma novidade: nós também temos pelos nas orelhas! É uma penugenzinha bem fina, que coça pra caramba quando cai. Os pelos do nariz também caem, e dão rinite enquanto o corpo não os absorve. Cílios, sobrancelha, pelos dos braços, das pernas, e até os pentelhos se vão!

Mas eles não caem todos ao mesmo tempo, normalmente os cílios e as sobrancelhas demoram um pouco mais pra cair. Infelizmente, muitas vezes os pelos pubianos são os últimos a se entregar (o que é muita sacanagem, né??! careca e peluda!).

dica a: evite esfregar os olhos e as sobrancelhas. Além de fazer os pelos cairem mais rápido ( o que a gente não quer, né?), o atrito pode machucar a pele e a mucosa do olho. E sabemos que    o contato das mãos com os olhos e a boca é a maneira mais fácil de transmitir doenças virais. Respire fundo e não coce!!!

dica b: não utilize rímel à prova d’água!! Por ser mais difícil de remover, esse tipo de rímel acaba nos levando alguns cílios a cada remoção, e nessa fase cada pelinho sobrevivente conta!

dica c: ao remover a maquiagem dos olhos e das sobrancelhas, utilize cotonetes embebidos em demaquilante bifásico (oleoso). Passe o cotonete delicadamente no sentido dos fios, e utilize quantos forem precisos. Vale a pena gastar em cotonete e demaquilante e economizar cílios, acredite!

dica d: peça ao seu médico indicação de soro nasal ou produto semelhante para ajudar a aliviar a rinite causada pela queda dos pelos. Peça também um produto que ajude a aliviar a secura nos olhos (às vezes a lubrificação da mucosa ocular fica meio prejudicada durante o tratamento).

3.Quando o cabelo começa a cair? Cai todo o cabelo?

O tempo pra iniciar o processo de queda do cabelo varia de pessoa pra pessoa, e de quimio pra quimio. Hoje já existem tratamentos que não fazem o cabelo cair, e torcemos muito para que   isso se torne comum dentre os quimioterápicos nos próximos anos! E existem pessoas que simplesmente não perdem o cabelo, mesmo com uma quimio que causa alopecia (vulgo queda de cabelo). Tem ainda as pessoas que perdem o cabelo só de pensar em fazer quimio (é sério, às vezes o estresse causa a queda antes mesmo da primeira aplicação), as pessoas que perdem todo o cabelo rapidinho (uns dias após a primeira quimio), e ainda existem as pessoas que perdem parcialmente o cabelo.

Eu me encaixei no último grupo. Uns dez dias após a primeira quimio, meu cabelo começou a cair, mas bem aos poucos. Fui notando que cada vez que passava os dedos entre os fios, vinha uns dez deles na mão. E assim foi indo… Não sei se foi porque tenho muito cabelo, ou se a quimio que eu fiz causava perda gradual, mas esse processo de queda levou um bom tempo para ser percebido visualmente. Acho que fui ficar com falhas no cabelo só lá pelas sexta quimio. E mesmo assim, muitas amigas me garantiam que não dava pra dizer que a queda era por causa da quimio, só parecia que eu era uma pessoa que tinha pouco cabelo. Ou seja, só lá pro meio da quimio que eu parei de “usar” meu cabelo, pude aproveitar uns bons três meses ainda!

4. É melhor raspar antes de começar a queda?

Antes mesmo de começar o tratamento, me disseram que o cabelo caía rapidinho depois da primeira aplicação, então eu fiquei num dilema se raspava a cabeça ou não. Primeiramente, decidi cortar o cabelo mais curto do que o de costume. Naquela época eu tinha o cabelo abaixo do ombro, e resolvi estreiar a quimio de chanelzinho (o que até então eu considerava um cabelo curto!). Foi com esse corte que eu encarei três dos oito meses de tratamento, e fui acompanhando dia após dia a queda do meu cabelo.

Muita gente prefere não passar por isso e raspa logo. Não julgo ninguém por isso, acho que cada um tem que fazer o que sentir mais confortável (ainda mais nessa fase tão delicada). Mas pra mim, ver meu cabelo caindo me fez aceitar que a quimio estava acontecendo, que aquela era minha realidade. Mudar aos pouquinhos foi menos dramático do que mudar de repente, não foi um choque. No fim, se eu tivesse raspado a cabeça de cara, não teria aproveitado aqueles três meses de cabelo, que na época me fizeram muito bem.

Confesso que me passei no timing pra raspar a cabeça. Chegou um ponto em que meu cabelo doía muito, e já estava falhado o suficiente pra eu não sair sem lenço ou peruca. Sim, o cabelo dói durante a queda, porque o couro cabeludo fica muito sensível, então cada vez que mexemos os fios de lugar, dá a sensação de que as raízes do cabelo são espinhentas. Não é legal. Quem quiser manter o cabelo, sugiro raspar assim que começar a doer, ou incomodar (outro problema é ter fios de cabelo pela casa toda, e isso inclui o travesseiro!).

Quero ressaltar que é importante perguntar ao seu médico qual o comportamento das medicações que serão utilizadas (se o cabelo costuma cair logo, ou se demora, ou se nem cai muito).  E é importante também refletir o que vai fazer você se sentir melhor nessa fase. Se raspar logo e não ver a queda vai fazer as coisas mais fáceis, ótimo!!! Mas se quiser ver como o cabelo se comporta durante a quimio, também apoio! Afinal, pode-se raspar o cabelo quando quiser!

Imagem

Se não quiser raspar logo no começo… não raspe!

Por enquanto são essas as dúvidas que eu lembro de ter tido. Qualquer pergunta pode ser enviada nos comentários ou para alemdocabelo@gmail.com. E calma, que cabelo cresce! (tô brincando, tô brincando!)

Voltar

Relacionados

  • Como cuidar da pele durante o tratamento Leia Mais
  • Como misturar estampas Leia Mais
  • Touca gelada reduz queda de cabelo em pacientes com câncer Leia Mais

COMPARTILHE


11 respostas para “cabelo parte I”

  1. Karina disse:

    Inspirador!

  2. nadicr disse:

    Olá, estou lendo seu blog aos pouquinhos. Trato de um linfoma de hodgkin do tipo esclerose nodular, 2A, iniciando o terceiro ciclo, indo para a quinta sessão. Meu cabelo não tem caído quase nada, muito pouquinho mesmo, graças a Deus. Até evito lavar, percebi que lavando e penteando ele cai um pouco mais do que o normal. Quando foi exatamente que seu cabelo começou a cair? Ele caía aos pouco ou de tufos? E vc tomava algum suplemento ou tinha alguma alimentação diferenciada?

    • alemdocabelo alemdocabelo disse:

      Olá, Nadielle!!! Desculpa a demora para responder! Você está fazendo qual protocolo? ABVD? Quando fiz a ABVD meu cabelo caiu bem aos pouquinhos também, fiquei uns 3 meses usando meu cabelo sem falhas! Uma coisa que teria ajudado a cair menos é cortá-lo mais curto, porque o peso dos fios faz com que eles caiam mais facilmente. Eu usava o cabelo chanel, talvez se tivesse deixado mais curtinho nem tivesse ficado falhado! Mas fiquei uns 3 meses sem falhas aparentes, depois foi aparecendo algumas falhas e o couro cabeludo ficou bem dolorido, aí acabei cortando curtinho e raspando na sequência. Mas ele começou a crescer durante o tratamento mesmo!
      Dessa vez, usei medicações muito fortes, e aí meu cabelo se jogou da cabeça! 15 dias depois da primeira quimio, meu cabela estava caindo muito, sujando a casa toda… aí raspei logo! Se quiser pode me escrever para alemdocabelo@gmail.com, dai conversamos mais!! Abraços!

  3. ELLEN MONIQUE disse:

    Oi eu tenho linfoma de hodgkin estou no segundo ciclo antes de eu. comesa o tratamento o meu cabelo comesou a cai

  4. ELLEN MONIQUE disse:

    Eu nao vou espera o meu cabelo cai tudo eu vou raspa a minha cabesa eu n vou consequi ver o meu cabelo cai tu

  5. […] e, dentre os outros efeitos colaterais, meu cabelo foi caindo aos pouquinhos (já falei disso aqui), o que me proporcionou lindos meses com cabelo durante o tratamento. Dessa vez, fiz o protocolo […]

  6. Beatriz disse:

    Os pelos da vagina voltam a nascer após cancer da mama?
    Obrigado.

  7. Raquel de Oliveira disse:

    Fiz a primeira sessao de quimio da vermelha , agora depois dos 15 dias q comecou a cair um pouquinho. Fiz o uso da touca elasto gel, estou confiante q nao vai cair. Meu protocolo e FAC 06 sessoes. Sera q com o uso da touca nesse protocolo vai funcionar????

    • Flavia Maoli Flavia Maoli disse:

      Oi Raquel! Olha, o ideal é perguntar pro seu médico, porque cada quimio age de maneira diferente no corpo… pergunta pra equipe, eles vão saber te ajudar! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *