Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

04.jul.2015

Memória, onde estás que não me respondes?!

Por Alice Falleiro 22 Comentários , , , , ,

Quem ai sofre da falta de memória pós quimioterapia, levanta a mão! Eu! Eu! E detalhe, as quimioterapias acabaram, mas… sigo com esquecimentos, acreditam? Falta de memória. Pronta para falar e… esqueço.  Uma loucura!

 

 

Fatos reais, que me levaram acreditar que algo estava estranho com minha cachola.

  • Esqueci de pagar a consulta medica. Sim, fui embora e quando chego em casa recebo um telefonema do consultório do meu médico oncologista. Alice, não verificamos o seu pagamento no sistema.

Um sentimento chamado vergonha. É, pois é… acontece né, afinal isso foi um fato isolado, ou não?!

 

  • Eu também tive a capacidade de esquecer o celular dentro do táxi e não perceber. A minha sorte é que quando eu dei por mim, liguei, liguei e liguei umas 1000 vezes para o meu número e o taxista acabou achando ele perdido no banco de trás do táxi e me devolveu. Eu quase dei um beijo na boca do taxista. Mentira!

 

  • Também esqueci minha identidade no hospital, mais precisamente no guichê onde pega o resultado dos exames. Detalhe, eu percebi dias depois e não fazia ideia onde poderia estar. Tivemos que garimpar em todos os locais visitados nos últimos tempos. Ou seja, laboratório, hospital, sala da quimio… Ainda bem, nesse caso, durante o tratamento, não temos muita opção de locais para bordejar por ai, neh!

Mais sorte, do que juízo, hein Dona Alice.

 

 

  • A mais fora da casa de todas as minhas crises de esquecimento aconteceu em pleno verão na praia. Eu fui me pesar na balança da farmácia, porque eu estava tomando corticóide por causa de uma inflamação no pulmão induzida pela quimioterapia. Eu “inchei” muito (muito mesmo) e controlava os quilos extras indo toda semana me pesar. Então cheguei, coloquei a bolsa no ganchinho ao lado da balança, me pesei e fui embora. Detalhe: SEM a bolsa.

 

E me fui bem feliz e contente caminhar pelo calçadão da praia.  Quando me dei conta, quase infartei. Voei para a farmácia. E adivinha?

 

 

A bolsa estava ali no mesmo lugar, com tudo dentro.

 

 

Pois então, eu realmente fiquei com dificuldades para me lembrar das coisas e muitas vezes me faltavam (ainda faltam) as palavras. Com o passar do tempo, noto que estou retomando meu estado “normal”, apesar de ainda ter resquícios de esquecimento.

Informação importante: Converso com outras pessoas que passaram pela quimioterapia e algumas delas aparentam ter esse mesmo “probleminha”, alguém ai se identifica?!

 

 

Beijos com carinho,

 

Alice (pelo menos do meu nome eu lembro!)

Voltar

Relacionados

  • Problema de memória? Você pode estar com “chemo brain” Leia Mais
  • A polêmica da carne – o que você precisa saber Leia Mais
  • Respiração Holotrópica – um método de autoconhecimento Leia Mais

COMPARTILHE


22 respostas para “Memória, onde estás que não me respondes?!”

  1. Marília Marques Lopes disse:

    Ah, pois é… comecei a reatear com a memória e achei que era um tipo de stress por causa da quimio. Mas pelo visto, as causas são orgânicas mesmo…
    Também esqueci de pagar coisas, de alguns compromissos…Afff! Não estou sozinha.
    O importante é a gente rir de si mesma.

  2. Pamela Bielefeld disse:

    Me identifiquei muito Alice! Perdi a conta de quantas vezes esqueci de levar algum documento ou encaminhamento importante no dia do exame e só descobri isso na hora. ¬¬’ E de quantas vezes fiz confusão com datas. :s Também faço tratamento com corticóide e inchei bastante, além de ganhar uns quilos. P.S.: Tentarei não esquecer a bolsa na balança!
    =**

    • Alice disse:

      Olá Pamela, pois é, por causa do inchaço é sempre bom controlar o peso, segundo a minha nutricionista, mas não esqueça, quando subir na balança, lembra de pegar a bolsa ao sair. Hehehe! Vamos em frente. Beijos

  3. Meg Amaral disse:

    Nóóóóssiiiiinhora hehehe Eu esqueço mesmo! Terminei os 8 ciclos da branca e os 8 ciclos da vermelha no final do ano passado, mas ainda faço quimio oral diariamente e uma injetável mensalmente. Oi, eu sou a Dory hehehehe Beijos, Alicinha linda, amei o texto!

  4. Gisele disse:

    Bah! Que bom ler isso Alice achei que estava acontecendo só comigo. Kkkkk beijus

  5. Gisele disse:

    Bah! Que bom ler isso Alice! achei que estava acontecendo só comigo. Kkkkk beijus

  6. Cristiane Ditz disse:

    Eu achava que estava esquecida porque fiz uma cirurgia no cérebro
    Sqn #tamujuntoentao

    • Alice disse:

      Hehehe! Olá Cristiane, pois é parece que essas esquecidinhas são comuns a maioria de nós, mas é sempre bom ver com o médico. Eu perguntei para o meu oncologista e ele disse que poderia ser do protocolo quimioterápico usado no meu tratamento. Vamos em frente! Beijos

  7. Eliana Dias disse:

    Oi Alice fiz quimioterapia contra Linfoma. Em agosto acaba minha licença médica e tenho que voltar a trabalhar. O problema é que sou professora de História e estou desesperada porque eu esqueço tudo. Até palavras quando estou conversando com alguém. Como uma professora de História pode ter problemas de falha de memória? Como eu faço? Procuro algum neurologista? Existe medicação para voltar a memória? Me ajude!

    • Alice disse:

      Olá Eliana, é complicado mesmo, mas fala com teu oncologista, ele pode te orientar nesse sentido ou te encaminhar para outro profissional. Eu fiquei com dificuldade de escrever também, além de falar, mas acredito que aos poucos, nossa memória vai voltando. Vou pesquisar mais sobre o tema e faço um post para nós. :). Beijos e bom retorno ao trabalho. Vai confiante. Vai dar tudo certo. Vamos em frente.

  8. cinara disse:

    Eu estou na fase das quimios brancas., contra o câncer de mama. E como estou esquecida. As vezes quero perguntar alguma coisa para o médico. , e foge completamente.
    Adoro seus textos. Beijo a todas

    • Alice disse:

      Olá Cinara, fico muito feliz com esse retorno de vocês sobre os textos. Obrigada!
      Uma dica para não esquecer de perguntar as dúvidas para o médico é escrever uma listinha e levar na consulta. Para mim, funcionou super bem, até porque além da perda de memória, geralmente, eu fico mais nervosa na hora de falar com médico. Faz a listinha e depois me conta. Beijos

  9. Grazi Zucco disse:

    Hahahahaha, adoooorei! Só nao esquece de mim, tá?! Bjosss 😉

  10. Tercilia Cruz disse:

    Olá Alice, nossa adorei seu texto!! Fiquei aliviada ao ler e ver que não estou sozinha.. rsrs
    Tenho passado por isso há um tempo e muitos não me entendem, falam que é viagem minha, ou coisas da minha cabeça, mas percebo que tenho esquecido de várias coisas também e as vezes quando falo, também faltam palavras… Quando você percebeu que foi voltando ao “normal”? Eu terminei a quimio em dezembro, mas percebo que minha memória ainda está meio estranha… Beijos

  11. Angelica disse:

    Olá Alice,
    Começo minha químio de câncer de mama daqui uma semana. Mas já apronto essas coisas do artigo sem químio, imagina agora. Rsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *