Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

14.fev.2017

Quais alimentos podem causar câncer?

Por Nutri Fernanda Bortolon Nenhum comentário

Quando se trata de alimentação anticâncer, não são poucos os boatos que rolam por aí. Já li o pessoal dizendo que o câncer se nutre de açúcar, que limão, bicarbonato de sódio e vinagre seriam suficientes para aniquilar tumores, que o glúten seria o responsável pela doença… Bem, aqui vai minha primeira dica: consulte sempre um profissional – nutricionista, nutrólogo ou oncologista. Quando você estiver navegando pela internet e se deparar com uma super novidade sobre a relação da alimentação com o câncer, procure verificar qual a fonte da notícia – existem muitas pessoas que, infelizmente, só querem causar alvoroço e não se preocupam com as consequências de espalhar um boato. Boas fontes nacionais em relação ao câncer são o Instituto Oncoguia, INCA, o site Vencer o Câncer e a Abrale.

 

 

Hoje vamos falar sobre os alimentos que causam câncer – aqueles que você deve se manter bem longe para se manter saudável! Vamos lá? 

 

1. CONSUMO DE CARNE E PROCESSADOS

Muitos estudos traçam a relação entre o alto consumo de carne vermelha (vaca, porco, cordeiro e cabra) e processada ou embutida (bacon, salsicha, mortadela, presunto, salame, etc., ricos em nitritos e nitratos), com o risco de câncer, especialmente de cólon e reto.

2. CONSUMO DE PEIXE

Os peixes são ricos em ácidos graxos, cujos estudos demonstram ter papel supressor na formação de câncer ou na progressão deste. Se possível, evitar o consumo de cavala, arenque e cação, ricos em mercúrio e arsênio devido à contaminação dos oceanos e mares (metais oxidantes e tóxicos). Procure consumir pelo menos duas vezes por semana peixes grelhados ou assados de boa procedência.

Tenha cuidado ao escolher o tipo de peixe que consome.

3. VITAMINAS

As vitaminas constituem um grande grupo de micronutrientes, incluindo as vitaminas antioxidantes (C e E, por exemplo), os carotenoides (beta-caroteno, licopeno), entre outros. Os benefícios relacionados à redução do risco de câncer estão em consumir periodicamente os alimentos fonte (legumes, verduras, vegetais crucíferos, frutas) e não por meio de cápsulas de suplementação.

Aliás, qualquer utilização de suplementos deve possuir acompanhamento de um profissional de saúde, já que, por exemplo, dois estudos mostraram que o uso de suplementos de Vitamina A por pacientes com câncer de pulmão aumentou a mortalidade.

4. ASPARTAME

O aspartame é um adoçante artificial com poder edulcorante (ou seja, de adoçar) 200 vezes mais que o açúcar comum. Não há evidências conclusivas e nem estudos em longo prazo que concluam que o uso contínuo de aspartame aumenta o risco de desenvolvimento de câncer, mas vale ressaltar que se trata de uma substância artificial e que seu uso deve ser moderado.

5. OBESIDADE

Ou melhor, o excesso no consumo de gordura e açúcar. Evite alimentos industrializados, ricos em sódio, corante e outras substâncias nocivas à saúde – e fique longe das frituras. O excesso de peso não só prejudica o sistema cardiovascular, mas também há uma série de estudos que relacionam o aumento de peso com o aumento de risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

6. ÁLCOOL

O consumo excessivo de álcool aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, estômago e fígado. O consumo deve ser limitado, tanto para homens, quanto para mulheres. Estudos recentes mostraram que o ideal é não ingerir álcool – mas, caso o faça, que seja no máximo um drinque diário para mulheres e dois para homens.

Há estudos que indicam a ação antioxidante do vinho – mas deve-se evitar os excessos, principalmente em relação ao álcool.

 

É importante lembrar que nossa saúde está diretamente relacionada com o que ingerimos – trate bem seu corpo, alimente-o de forma adequada e variada. Uma alimentação saudável reduz em 40% o risco de câncer. Sua saúde agradece!

 

Abraços, 

 

Nutri Fernanda Bortolon

 

Fonte: Abrale

 

Voltar

Relacionados

  • A polêmica da carne – o que você precisa saber Leia Mais
  • Respiração Holotrópica – um método de autoconhecimento Leia Mais
  • Projeto Camaleão lança financiamento coletivo para criação de sua sede Leia Mais

COMPARTILHE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *