Avatar

Além do Cabelo
Câncer não é escolha. Bom humor é.

22.mar.2016

Vídeo: como driblar a Xerostomia

Por Flavia Maoli 4 Comentários , , , , , , , , , ,

Quem aí sofre ou sofreu com a xerostomia – a famosa “boca seca”? Pra mim, foi um dos efeitos colaterais mais chatos durante meus dois tratamentos!

No vídeo de hoje apresento a vocês um produto novo aqui no Brasil que eu queria MUITO ter conhecido durante meu tratamento! É o Bioxtra – conto mais sobre ele aqui no vídeo:

 

Como falei ali no vídeo, por enquanto no Brasil existem apenas o enxaguatório bucal e o creme dental. Você pode encontrá-los em farmácias – no site da Bioxtra tem a lista de lugares que vendem, confira clicando aqui!

produtos_bioxtra

 

Fico feliz em mostrar pra vocês um aliado para driblar esse efeito colateral chato – e reduzir o desconforto e os malefícios que ele traz! Experimentem e depois me digam o que vocês acharam!

 

Até o próximo post,

 

Flavi 

 

Voltar

Relacionados

  • Conheça a Casa Camaleão – centro de convivência para pessoas com câncer Leia Mais
  • Como cuidar da pele durante o tratamento Leia Mais
  • Como misturar estampas Leia Mais

COMPARTILHE


4 respostas para “Vídeo: como driblar a Xerostomia”

  1. Juliana disse:

    Certo que vou comprar, não aguento mais! Só água realmente nāo adianta, eu até estou um enxaguante bucal que minha médica receitou, mas não resolveu também.
    Assim que tiver os resultados eu te falo Flavinha.
    Um bjão Ju.

  2. Fernanda Stabile gonnelli disse:

    Oi minha querida, tudo bem? Sou dentista e sempre trabalhei com pacientes oncológicos e participei de pesquisas nesta área, especialmente com xerostomia. Concordo com sua recomendação. Mas tenho estudado algo ainda mais promissor. A aplicação do laser de baixa potência, que há muitos anos é utilizado para prevenção e tratamento da mucosite, mas especialmente nos pacientes submetidos a radioterapia que envolva a região de cabeça e pescoço, em que a xerostomia é ainda mais grave e persistente, a aplicação do laser em glândulas salivares tem se mostrado muito eficaz. Acho importante divulgar pois muitos profissionais da área ainda desconhecem, somente indicam para a mucosite. Mas a aplicação em glândulas salivares acaba por melhorar muito a qualidade de vida, já que a xerostomia é a principal queixa de muitos pacientes, além do que, o efeito é duradouro. Beijos e me coloco à disposição para escalarecentos.

    • Flavia Maoli Flavia Maoli disse:

      Olá, Fernanda! Muito obrigada pela colocação! É verdade, eu utilizei laser durante minha internação para transplante de medula e me ajudou bastante com a mucosite! Mas não sabia sua aplicação para a xerostomia – no meu caso, sofri bastante com ela mesmo após o término do tratamento. Que bom saber que temos mais essa opção pra quem está sofrendo com esses efeitos! Muito obrigada mesmo, tenho certeza que muitos pacientes serão beneficiados! 🙂 Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *