um sonho: hotel para pacientes oncológicos

Em novembro de 2011, quando comecei a fazer radioterapia, tive contato com muitos pacientes, pois as aplicações de radio são diárias, então acabei trocando ideia com pessoas na sala de espera, durante os 20 dias do meu tratamento. Várias delas vinham de outras cidades – algumas bem distantes, inclusive. Eu achava um saco ter que ir até o hospital todo santo dia, para fazer um tratamento que durava não mais do que 15 minutos. Mas quando conheci essas pessoas, que peregrinavam por horas todos os dias, parei pra pensar como eu era sortuda por morar na capital!

Conversando com outros pacientes, descobri que aconteciam três situações: os que tinham algum parente em Porto Alegre, vinham se hospedar na casa dos familiares (tendo que se adaptar às regras da casa, tendo pouca privacidade, etc); os que tinham condições de pagar uma hospedagem, tinham que vender um rim pra conseguir um hotel mais ou menos (pois o tempo de tratamento era suficiente para ser caro se hospedar, e insuficiente para conseguir alugar um apartamento aqui), já que hospedagem em Porto Alegre é muitooooo cara; e os que não tinham parentes aqui nem dinheiro, se fodiam vindo pra cá e voltando pras suas cidades com a van do governo no mesmo dia. Além das horas de estrada serem cansativas, as vans vêm com pessoas com diferentes doenças,  o que expõem os pacientes oncológicos a riscos absurdos, já que a imunidade está baixa – e os pacientes perdem o dia inteiro, pois precisam esperar seus conterrâneos serem atendidos para voltar para casa. Todo mundo já viu aquela galera com cara de tédio esperando os micro ônibus  nos arredores dos hospitais, né?

FLAVIA_CAM08 AEREA_FINAL_001

Aí que nessa mesma época eu comecei a pensar em assuntos para o meu trabalho de conclusão do curso de Arquitetura e Urbanismo, e resolvi ligar os pontos! Resolvi projetar um hotel para pacientes oncológicos em Porto Alegre! O hotel seria exclusivo para esses pacientes que vêm do interior fazer tratamento, com cuidados especiais de higienização dos ambientes e bem estar. Além disso, criei uma espécie de clube para os hóspedes e seus acompanhantes, com academia, sala de meditação e yoga, sala de jogos, biblioteca e videolocadora e consultórios de atendimento (odontologia, psicologia, fisioterapia e nutrição) especializado para pacientes oncológicos. Esse clube também poderia ser utilizado por pacientes que residem em Porto Alegre, como eu, e por pacientes que vêm do interior e passam o dia nos arredores do hospital esperando a hora de voltar.

Terraço de contemplação.
Terraço de contemplação.
Lobby do hotel
Lobby do hotel
Vista de um dos quartos do hotel - com duas crianças azucriando!
Vista de um dos quartos do hotel – com duas crianças azucriando!

Uma das ideias principais do projeto também foi integrar os pacientes com a sociedade, afinal, estamos vivos e queremos viver, né? Pra isso, escolhi um terreno no bairro Bom Fim (um dos melhores bairros da cidade, plano e com várias opções de entretenimento), criei um restaurante com vista para o Parque Farroupilha (vulgo Redenção), um centro de eventos e um terraço de contemplação. No térreo, voltado para a rua, criei um Café, uma farmácia e uma loja de produtos orgânicos, que poderiam ser usadas tanto pelos pacientes quanto pela população em geral.

FLAVIA_CAM07 ACESSO_FINAL_001

Restaurante com vista para o parque e área ventilada coberta.
Restaurante com vista para o parque e área ventilada coberta.

Os maiores objetivos da proposta foram criar uma casa longe de casa e fazer com que o paciente se sinta hóspede e possa desfrutar sua estada na capital. Modéstia à parte, acho que consegui atingir os objetivos do projeto! Infelizmente, esse hotel oncológico é só um projeto por enquanto. Não existem hotéis nesse estilo no Brasil, talvez pela visão atrasada que ainda se tem de que os pacientes oncológicos devem se isolar da sociedade para fazer o tratamento em locais bucólicos, sem vida social, sei lá. Existem casas de passagem para pessoas carentes, mas infelizmente são poucas, e a maior parte da população não é atendida. Quem sabe um dia eu fico milionária e construo um desses?

Vista frontal de dia
Vista frontal de dia
Vista frontal
Vista frontal de noite

Imagens: Lucas Pessatto e Lucas Piccoli.

.

.

.

– Quer mandar uma dúvida ou sugestão? Escreva para alemdocabelo@gmail.com, vou adorar responder!

– Curta a página no facebook: https://www.facebook.com/alemdocabelo

 

 

4 comentários sobre “um sonho: hotel para pacientes oncológicos

  1. Amiga, obrigada por compartilhar teu projeto! Não foi à toa que ele foi tão elogiado na banca! Ele é incrível, de uma sensibilidade enorme! Um sonho que pode e tem que se tornar realidade!! Cada detalhe foi pensado com muito carinho nas necessidades do paciente. Parabéns! Quero ser a psi desse lugar! 😉 Muitos beijos

  2. Mas até eu ia querer me hospedar! hahahaha
    Quero muito ver esse sonho se realizar, e tu ficar milionária! 😀

    Queria ter visto tua apresentação do TCC mas já fico tão feliz que sexta estarei lá pra comemorar contigo! o/
    Beijo nabaaa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s