driblando efeitos colaterais: mucosite

Eu nunca senti muito os efeitos colaterais das quimioterapias – exceto pelo cansaço e um pouco de enjoo, em geral tudo sempre foi muito tranquilo. Porém, quando recebi a quimioterapia pré-transplante (que é extremamente forte) comecei a sentir alguns efeitos, em especial a mucosite – o famoso SAPINHO.

Sapinho malvado!!!!

Vou poupar vocês de verem uma foto de mucosite (E EU JÁ DISSE QUE NÃO É PRA PROCURAR NO GOOGLE!!!!) – quando você tiver sapinho, você COM CERTEZA vai saber do que se trata! Dificuldade para engolir, feridinhas nas bochechas, gengivas, céu da boca, língua, embaixo da língua… não necessariamente todas ao mesmo tempo, né? Enfim, são feridinhas chatas, que doem e alteram o paladar. Mas existe solução para isso – ou pelo menos para amenizá-las! Aqui vão algumas dicas:

1. Evite frutas cítricas (laranja, limão, abacaxi, etc) ou comidas ácidas. Nada de pimenta, mostarda, ketchup, sal em excesso, vinagre…;

2. Evite alimentos duros ou ásperos que podem machucar a mucosa – como bolachinhas crocantes, pães de casca dura, etc;

3. Evite alimentos salgados, que deixam a boca ainda mais sensível. Nada de salgadinhos, amendoim, pipoca…

4. Cuide a temperatura dos alimentos – procure comê-los em temperatura morna. Isso serve para as bebidas também.

5. Uma boa notícia: sorvete está liberado!!!!! Ueba!!!! O geladinho ajuda a contrair os vasinhos da mucosa, o que diminui sangramentos e inflamações. Os ideais são os à base de fruta – como os picolés de limão, coco, uva… Isso porque eles têm menos calorias e gordura do que os à base de cremes. Mas se você, assim como eu, já pegou nojinho deles por causa da quimio, libere-se para comer o sabor que quiser!

Uebaaaa!!!

6. Outros alimentos gelados também ajudam muito nessa fase. Caldinhos, vitaminas, sucos, smoothies, chá gelado… aproveite que o verão está chegando para aumentar a ingestão de líquido – mantendo a hidratação e ajudando o corpinho a se livrar das toxinas da quimio!

7. Dê preferência para refeições líquidas ou pastosas. Em alguns momentos, quando a língua está muito sensível, fica difícil de deglutir e a comida perde o sabor. Além disso, a mucosite pode não estar concentrada apenas na boca, podendo se espalhar por todo o sistema digestório – ou seja, da boca ao fiofó! – então é preciso cuidar de todo o trajeto. Quando não conseguir comer, pelo menos tome uma quantidade grande de líquidos para manter o corpo hidratado.

8. E falando nisso,  é bom lembrar aos espertinhos que, quando falamos de ingerir líquidos, refrigerantes NÃO estão na lista!!!!! As bebidas com gás são ácidas e pioram ainda mais a mucosite! E dão celulite!!!  (rimou)

Sem falar nisso...
Sem falar nisso…

9. Uma dica que vem sendo passada na minha família para cicatrizar feridas na boca é o chá de Tansagem (tanchagem). O chá é encontrado em casas de produtos naturais e nas bancas que vendem chá no Mercado Público e vem em folhas. É um ótimo cicatrizante natural, sendo indicado para feridas de herpes, conjuntivite, aftas, mau-olhado, coração partido… pra tudo!

Para fazer o chá, use 20 g de folhas para cada 1 litro de água. Coloque a água para ferver e adicione as folhas, assim que iniciar a fervura conte 3 minutos e desligue o fogo. Deixe descansar até ficar morno e filtre as folhas. Faça bochechos com o conteúdo de uma caneca e beba o resto (para proteger faringe, laringe, etc).

OBS: consulte seu médico para saber se você pode tomar chá de folhas – eu, por exemplo, só posso tomar chá de saquinho por causa do transplante! Mas, durante a quimio de 2011, tomei muito chá de tansagem!

10. Muitos médicos recomendam aos pacientes oncológicos com mucosite que usem Nistatina. A Nistatina realmente funciona muito bem para cicatrizar as feridas – o grande problema é que ela causa enjoo em muitas pessoas. Quando estava na bolha, comecei fazendo bochechos com Nistatina e engolindo depois, mas conforme fui ficando nauseada, a buco me disse para suspender o uso. Isso porque, se eu vomitasse por causa da Nistatina, o estrago seria maior do que o benefício!

11. Outro produto que usei para fazer bochechos quando estava na bolha foi o Flogoral. Mas atenção: ele precisa ser diluído e NÃO PODE SER ENGOLIDO!!!! Pode-se fazer até cinco bochechos por dia, não mais que isso! Existem ainda as pastilhas do Flogoral, que eu gostei bastante, vêm em vários sabores e deixam um gostinho bom durante um tempo.

ADC mucosite 2

12. Laserterapia também é uma ótima pedida – tanto para prevenir quanto para tratar feridas existentes. Vocês viram no BOLHA NEWS o dia em que eu estava usando os óculos bonitões para receber a aplicação do laser, né? Funcionou muito bem! Várias clínicas e hospitais oferecem o serviço para pacientes oncológicos, vale a pena se informar! Quero fazer uma entrevista com a buco que fez as aplicações em mim para fazer uma matéria especial sobre o laser, depois coloco aqui no blog pra vocês!

Espero ter ajudado a diminuir esse problema! E no mais, tenha calma que logo a mucosa se regenera, as toxinas vão embora e tudo volta ao normal!!

.

.

.

. Quer mandar uma dúvida ou sugestão? Escreva para alemdocabelo@gmail.com, vou adorar responder!

– Curta a página no facebook: https://www.facebook.com/alemdocabelo

– Fonte das Imagens: Google e Tumblr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s